Exame clínico e mamografia, ambos são importantes contra o câncer de mama

mamografiaOuvimos há anos que a mamografia é a única forma de prevenir o câncer de mama, certo? É, segundo uma pesquisa canadense divulgada essa semana, parece que não. E como eles chegaram à essa conclusão? Vamos contar um pouquinho pra vocês.

A pesquisa foi realizada com cerca de 90 mil mulheres entre 40 e 59 anos. A conclusão foi que a mamografia anual não reduz a mortalidade por câncer de mama, se comparado com o exame clínico realizado pelo seu médico – aquele que a gente faz em casa através do toque.

A questão é: não é que a mamografia não seja eficaz, mas se comparada ao exame clínico (que é simples e menos dolorido, sem dúvida), não há muita diferença. Os resultados foram: durante cinco anos parte das mulheres realizaram o exame de toque e a outra parte, a mamografia e a incidência de morte por câncer de mama foi a mesma em ambos os métodos.

Mas o que devemos ter bem claro em nós é a importância de se prevenir. Seja em casa, seja no médico (visita anual obrigatória), pois só assim poderemos mudar as estatísticas, que ainda, infelizmente, são assustadoras.

Então, “girls”, sem vacilo, hein! Percebeu qualquer anormalidade em seu corpo, bora para o ginecologista! ;)

Seja Divina, porque se cuidar é parte fundamental do amor próprio, da independência e da tranquilidade.

Fonte: Folha de São Paulo

“Efeito Angelina Jolie” aumenta mastectomia no Brasil

mamaDivinas, vocês não sabem? A retirada da mama pela atriz Angelina Jolie já está mudando o hábito das mulheres brasileiras! Os cirurgiões plásticos informaram hoje na Folha que o número de cirurgias aumentou e para eles a motivação tem nome: “efeito Angelina Jolie”.

Não há números sobre esse aumento da demanda, mas a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica afirma que seus afiliados têm relatado o dobro da procura que tinham antes da revelação de atriz.

Mas quando e porquê fazer? De acordo com estudos, só 10% dos tumores têm origem genética; 0,2% da população carrega mutações nos genes BRCA 1 e 2 e a decisão pela mastectomia bilateral profilática não é muito diferente de quando se opta por uma cirurgia plástica estética, pois após receber as informações adequadas e a paciente decidir por esse procedimento, o cirurgião pode realizá-lo.

Essa decisão só deve ser tomada após exames específicos e orientação médica. Todo e qualquer procedimento cirúrgico deve ser acompanhado por um especialista e todas as possibilidades devem ser descartas antes da tomada final.

Fonte: Folha de São Paulo (www.folha.uol.com.br)

www.sejadivina.com.br

Tendência primavera-verão traz olho marcado

Divinas, a estação mais gostosa do ano está chegando e vocês devem estar se perguntando quais são as tendências de make-up para arrasarem por aí, não é? Hoje vamos falar sobre isso. Afinal de contas, a primavera e o verão devem ser celebrados com muita alegria e cores!

Talvez você já saiba quais são as tendências de maquiagem para a primavera-verão 2014, mas alguém já lhe contou quais makes realmente tem potencial para virarem “hits” na próxima estação?

Muito sobre tendências 2014 para maquiagens vem sendo repetido desde o fim das principais temporadas de desfiles nacionais e internacionais. Porém, pouco se fala sobre o que realmente tem potencial para transpor as passarelas e atingir o cotidiano.

Fizemos um paralelo entre o exibido nas passarelas e o que pode ser adotado. Apesar de ser um tanto difícil, pois as belezas dos desfiles geralmente constroem-se com simultaneidade de fatores, vamos tentar mostrar “um pouco” disso.

Olhos delineados, delineado de gatinho: 

delineador+gatinho+famosas+celebs-2

Olhos alongados, “gatinho alternativo”: 

tendência-de-maquiagem-verão-2014-sombra-alongada-cavaleraCôncavo marcado, riscado e pouco esfumado: 

concavo-delineado-blog-eccentric-beautyAgora é só escolher o mais adequado para o dia ou para a noite e arrasar! ;-)

Fonte: Site “Acorda, bonita!”

Mudança: organização e disciplina ajudam muito nessa hora

imagem9_2Divinas, fazer mudança é sempre bom, né? Ás vezes, necessário, outras vezes, até por força maior, mas uma coisa é certa: a bagunça está armada! Primeiro começa o corre-corre para encaixotar tudo e não se esquecer de nada, além de eliminar aquela roupa que você não usa há tempos e fazer mais do que bem, uma doação.

Mas há outras preocupações na hora de se mudar. Feito todo esse processo de guardar tudo e se atentar para não perder nada pelo caminho (acontece!), é preciso contratar o caminhão, os ajudantes e tudo isso deve ser realizado com muito cuidado e atenção, pois a escolha errada pode trazer muitos transtornos.

Mas enfim, tudo deu certo (graças a Deus!) e a mudança foi feita com sucesso. E agora? Chegou a hora de arrumar toda aquela bagunça e colocar tudo no lugar, de novo! Bateu uma canseira só de pensar em fazer tudo isso? Eu imagino, acreditem, pois estou na mesma situação, rs.

Para te ajudar nessa hora, separamos algumas dicas úteis para não se perder e colocar tudo no lugar com calma, tranquilidade e, o melhor de tudo, sem tirar a sua paciência (pois uma hora ela acaba), e também sem te causar maiores transtornos, pois isso realmente dá uma trabalheira!

Após finalizar o transporte e distribuir as caixas sinalizadas em seus respectivos cômodos, escolha um ambiente conforme sua prioridade e comece a desempacotar e guardar os objetos. Não inicie a organização de vários cômodos ao mesmo tempo. O ideal é apenas começar a arrumação de um ambiente após finalizar o anterior. Não limpe cada item para depois armazená-lo, a exemplo de talheres, pratos, copos e outros objetos da cozinha. Primeiro organize a casa, para depois, com a residência funcionando, lavar e limpar o que demandar tal cuidado. Dessa forma, o trabalho rende e não há caos a sua volta.

E viva o novo! ;) Fazer mudança é bom. 

“Bike Anjo”: projeto incentiva quem quer aprender a pedalar

148901_478488105519804_1284574546_nEm uma cidade como São Paulo, é possível sim encontrar momentos de lazer e relaxamento, mesmo com o corre-corre diário e o trânsito caótico. Em um lugar onde as pessoas são movidas por carros, ônibus e metrô, dá para recorrer a um meio de transporte mais saudável: a bicicleta.

Além de estar ajudando o meio ambiente, você também pode ir ao trabalho, ou à faculdade, ou qualquer lugar que quiser com segurança e gastando pouco. É um pouco difícil imaginar bicicleta associada à segurança em São Paulo, parece até uma loucura!

Porém, existe um grupo de ciclistas experientes que se uniu para formar o Bike Anjo. Apaixonados pelo seu meio de transporte, esses ciclistas auxiliam pessoas que querem aprender a andar de bicicleta na cidade com mais segurança. O programa está presente em 26 cidades do Brasil e conta com mais de 250 ciclistas voluntários.

Com o sucesso da iniciativa, o grupo resolveu abrir uma escola com oficina e curso para poder transmitir esse conhecimento na prática. Todo último domingo do mês, os interessados podem participar da Oficina Aprender a Pedalar + Dicas! ou do Cuba! Curso de Formação de Bike Anjo.

Se você preferir, pode solicitar o auxílio por meio do site. É só acessar www.bikeanjo.com.br e preencher o formulário para pedir o “serviço”, totalmente gratuito. Além disso, o grupo organiza passeios com frequência e qualquer pessoa pode participar.

Divinas, agora é só aproveitar para pedalar!

Repagine móveis velhos e crie novas funcionalidades sem gastar muito

mc18-82-faca-vc-mesmo-00Olá, divinas! Navegando pela internet por um desses sites de decoração (que eu adoro), encontrei duas dicas super bacanas para dar uma repaginada naquele móvel antigo e até criar novas funcionalidades para complementar aquele espacinho vazio do seu quarto ou de qualquer outro canto da sua casa.

Quem não tem aquela cadeira usada que veio de herança da avó, um criado-mudo que a mãe te deu de presente quando você resolveu ir morar sozinha? Além desses itens, que são como parte de nós, há também algumas opções para resolver aquele “probleminha” com os sapatos, por exemplo, que não cabem mais na sapateira ou porquê realmente não há lugar para eles.

Separamos duas dicas: Uma é repaginar o móvel antigo com adesivo vinílico fosco (o famoso Con-Tact), o mesmo que você usava para encapar o caderno para ir à escola. A outra é você mesma fazer uma sapateira-banco (muito útil, por sinal).

Para a aplicação não tem segredo, você vai precisar de uma régua de acrílico e o adesivo. Se o móvel for envernizado, vai ser melhor ainda, pois facilitará na hora de aplicar. Dependendo de como estiver a peça, você vai precisar lixar a superfície para que o con-tact fixe melhor e não fique enrugado.

mc18-53-faca-vc-mesmo-01

Para fazer a sapateira-banco, você vai precisar de 1 caixote de feira, lixa para madeira, spray colorido, enchimento de poliéster, 2 placas de MDF do tamanho da lateral maior do caixote (uma para o assento e outra para a prateleira), 4 rodízios, retalho de tecido (com sobra de 10 cm de cada lado da placa de MDF), 4 toquinhos de madeira, parafusos de 2 cm e tachas, furadeira-parafusadeira, grampeador para tecido e martelo.

Passo a passo:

1 – Lixe o caixote e os toquinhos que apoiarão a prateleira até que fiquem bem lisos. Atenção: não lixe o MDF.

2 – Aplique uma demão de tinta spray nas peças, espere secar e pinte de novo. Agora repita o processo com a prateleira de MDF.

3 – Coloque o enchimento de poliéster sobre a placa de MDF que servirá de assento.

4 – Envolva-o com o tecido e pregue esse último na parte de baixo da chapa com o grampeador. Faça o acabamento martelando as tachinhas no tecido ao longo das bordas.

5 – Pelo lado interno do caixote, prenda o assento nos quatro cantos cuidando para que os parafusos não cheguem até o enchimento. Vire o móvel e parafuse os rodízios na base.

6 – Pregue os toquinhos nas faces internas e encaixe a prateleira sobre eles.

Para conferir as imagens de como fazer, acesse a página do Portal Minha Casa: www.casa.abril.com.br e mãos à obra!

Conciliar relacionamento pessoal e emprego exige cuidados

mi_10947822304660314Todas nós sabemos que passamos mais tempo com os colegas de trabalho do que com os nossos familiares, não é mesmo? Essa relação na empesa faz com que as pessoas estreitem laços afetivos e, naturalmente, surjam amizades a partir de uma simples admiração ou empatia.  Mas como agir quando a amizade ultrapassa os limites dentro do ambiente profissional?

Há casos que vão mais além e culminam em namoros e até mesmo em relações mais sólidas como os casamentos. Seja qual for a circunstância, o fato é que existe uma linha tênue entre profissionalismo e relacionamentos pessoais. Mesmo assim é indispensável saber administrar a situação, pois o que se espera do funcionário é que seu comportamento não prejudique o clima organizacional e nem, logicamente, os processos que impactam no negócio.

Além disso, existem vários tipos de pessoas, vários temperamentos, atitudes etc. São as diferenças individuais. É importante respeitar cada uma e nada de descer do salto quando surgir alguma divergência, como por exemplo, mandar alguma “indiretinha” pelo Facebook. Isso é muito deselegante! O melhor é chamar a pessoa para uma conversa e tentar resolver da melhor maneira possível.

Confira alguns casos comuns e como lhe dar:

Maledicente: convém distinguir os que são apenas bonachões dos que são maledicentes. Com os maledicentes, que são os “fuxiqueiros”, nada fale e, se possível, ouça menos.

Complexado: evite tocar em seu ponto fraco, fazer chacotas, brincadeiras, colocar apelidos, etc.

Inibido: Seja paciente e o ajude a “sair da casca” fazendo-lhe perguntas de fácil resposta.

Zangado: Antes de tudo, ouça; deixe-o falar sem estabelecer discussão. Depois de ter escutado tudo tranquilamente, inicie a troca de ideias aceitando os seus sentimentos. A seguir, externe palavras de apreço, destacando a educação que ele manifesta em ouvi-lo.

Fontes: Portais Administradores.com e RH.com.br

Ocasiões embaraçosas na hora “H”: informação e conversa resolvem

casal-rindoAlgumas situações na hora do sexo, apesar de inusitadas, e talvez constrangedoras, são super naturais e podem ser resolvidas com uma conversa com o parceiro tranquilamente.

Uma delas é a ejaculação feminina, desconhecida por algumas mulheres. Sim, algumas mulheres podem “ejacular” durante a relação sexual, o que causa reações diversas. Na verdade, não se trata de uma ejaculação como a do homem, que libera sêmen, e sim um fluído de lubrificação, que acaba saindo em um jato.

Infelizmente para as que não gostam do fato, não há como acabar com isso, pois se trata apenas de uma liberação a mais de lubrificante pelas glândulas da vagina, não há como alterar seu funcionamento. E ao contrário da ejaculação masculina, ela não significa necessariamente um orgasmo.

E não é só a “ejaculação feminina” que pode pegar algumas mulheres “desprevenidas” na hora do sexo, mas também a menstruação, que pode acontecer durante as relações.

Se o casal fará sexo quando a mulher está menstruada ou não, a decisão é de cada um. Mas é preciso levar em conta que, quando se faz sexo um pouco antes da data de início desse período, pode ser que esse momento seja antecipado. Muitas vezes, pode acabar saindo sangue bem no momento da penetração ou da relação, o que dá uma vergonha danada, mas é algo natural do organismo e dá para explicar.

Porém, cuidado com esse antes: se o sangue descer e for um dia antes da sua data oficial, tudo bem. Mais do que isso pode significar que esse sangramento tenha outras causas, que merecem ser investigadas pelo seu ginecologista.

E lembre-se de utilizar preservativo masculino ou feminino em todas as relações sexuais, a única garantia contra as famosas DSTs-aids.

Fonte: Portal Focando a Notícia

Aposte nos curtos!

A onda dos cabelos curtos chegou com tudo nesse inverno e muitas de nós aderiram ao estilo, mas fica sempre aquela dúvida: como variar os fios curto-curtíssimos? Não é tão difícil quanto parece, algumas dicas e produtos podem ajudar na hora de mudar e arrasar em qualquer ocasião.

Com o auxílio de uma pomada modeladora, por exemplo, você pode criar vários penteados, que também podem ser usados no dia a dia na ida ao trabalho ou até naquela balada que você fica super em dúvida sobre o que fazer com as madeixas.

Confira algumas dicas das celebridades que preparamos e inspire-se!  ;-)

corte-cacheado-isabelle-drummond

Isabelle Drummond

Para variar o curtinho, foi feita uma escova de volume. Um leve topete atrás deu um ar vintage ao cabelo.

cabelo-curto-penteado-anne-hathaway-46940

Anne Hathaway

O cabelo da atriz foi modelado com escova para um lado só. Para segurar o franjão, aposte em uma dose generosa de spray fixador seco.

cabelo-curto-penteado-dianna-agron-46937

Dianna Agron

Um topete foi feito no topo da cabeça e as laterais foram colocadas para trás, criando um penteado elegante.

Fonte: Portal M de Mulher

Invista em cabeceiras e no “faça-você-mesmo” para mudar o ambiente do seu quarto

Todas nós passamos por aquele momento “mudança” na vida, não é mesmo, divinas? Afinal, é bom demais mudar a decoração, a cor e os acessórios de um ambiente, para que ele tenha nossa identidade e para que possamos nos sentir bem nele.

A nossa dica de hoje é investir em cabeceiras e no “faça-você-mesmo”. Há quem pense que é difícil, mas não é! Com um passo a passo e os materiais certos, você vai conseguir deixar o seu “cantinho” com sua cara e personalidades.

Embaixo da janela, com a lateral encostada na parede ou posicionada de modo tradicional, a cama box pode e deve receber boa companhia. Inspire-se em duas propostas criadas com diferentes materiais e formatos. Não deixe de ver estas cabeceiras sob medida!

revista-minha-casa-junho-cabeceiras-modelos-04

Aqui, cada peça tem valor de preservação ambiental, do abajur com base de garrafão de vinho ao criado-mudo, feito de pínus de reflorestamento, matéria-prima que se repete na cabeceira.

casa-claudia-outubro-colagem-tecidos-graca-cabeceira

Trechos de pano de 30 x 30 cm foram colados sobre a parede atrás da cama, colorida de azul-turquesa com o auxílio de cola branca diluída em água e um pincel. Aqui, uma camada de cola é passada no tecido e outra, na parede. É preciso também ter cuidado para não rasgar o tecido. ;-)

Mãos à obra, divinas! Escolha o seu estilo e divirta-se.

Fonte: Portal Minha Casa